Como vender mais e melhor: 20 dicas para colocar em prática a partir de hoje

Quando você vende melhor, consequentemente venderá mais. Descubra como!
14 de janeiro de 2020LEITURA DE 31 MIN

Embora não exista uma fórmula mágica que ajude o dono do negócio a descobrir como vender mais e melhor, muitas estratégias podem ser indispensáveis para quem quer conseguir novos clientes e, consequentemente, ter mais lucros. Melhorar as abordagens ao consumidor e as maneiras de vender um produto pode garantir boas vendas: grandes quantidades ou constâncias e bons pagadores. 

Quer saber como vender mais e melhor no seu negócio? Confira 20 ótimas dicas e comece a implementá-las hoje mesmo:

  • Tenha excelência no atendimento

Para vender mais e melhor você precisa de clientes, que precisam ser atendidos da melhor forma possível para terem uma boa experiência. Embora dependendo do ramo de atuação o atendimento ao cliente seja feito de diferentes formas (presencialmente, por telefone ou pela internet, por exemplo), algumas dicas sobre o assunto são universais. 

Deixe o cliente à vontade. Não sufoque o consumidor de nenhuma forma, seja com um ambiente muito pequeno e lotado de coisas ou um site cheio de propagandas e pop-ups que estragam a experiência do usuário. Experiência, aliás, é um dos conceitos que está transformando o atendimento ao cliente. Oferecer mais do que um produto e uma transação de compra e venda para os consumidores é importante para fidelizá-los e ainda contar com o famoso boca a boca.  

  • Saiba quais são os seus objetivos e tenha foco

Conseguir vender mais e melhor é um objetivo que está sempre acompanhando o dia a dia de um pequeno empreendedor. Mas para alcançá-lo será necessário traçar outras metas paralelas, e manter o foco em cada uma delas é importantíssimo para obter bons resultados. Conquistar mais clientes, conseguir preços melhores com os fornecedores e inaugurar uma filial são objetivos que podem fazer com que você venda mais e melhor.

Depois de definir quais são os principais objetivos do seu negócio, é hora de colocar em prática algumas estratégias que te farão manter o foco no que é importante. Ter uma boa organização, por exemplo, é uma maneira de não se dispersar dos objetivos. Assim como manter boas motivações poderá te fazer chegar mais rápido onde deseja: sentir vontade de cumprir suas metas e saber exatamente o que você gosta no seu trabalho é imprescindível para evitar desistências no meio do caminho. 

  • Atraia mais clientes para o seu negócio

Conquistar novos clientes é um objetivo que pode ser atingido com uma combinação de estratégias, que irão do marketing digital ao atendimento ao cliente, e te levarão ao maior objetivo de vender mais e melhor. Comece fazendo um bom planejamento, que inclua ações online e offline. Atrair mais clientes para o seu negócio pode até parecer uma tarefa específica, mas será um objetivo em todos os momentos do seu negócio!

  • Fidelize os consumidores

Sabe aquele cliente que você já conhece bem, que sabe em qual momento ele irá aparecer e exatamente quais produtos precisará ou terá interesse? Esse é o seu cliente fiel, e você precisa ter cada vez mais deles. Mas, afinal, como fidelizar os consumidores quando há tanta concorrência ao alcance da mão dos clientes?

A união de qualidade com bons preços forma uma dupla muito atrativa para os consumidores, claro. Mas hoje é preciso pensar em mais estratégias para fidelizar clientes. Crie um sistema de recompensas para aqueles que comprarem um número mínimo de vezes em um período de tempo específico no seu negócio ou para quem levar um amigo que efetivamente compre de você.

Mais do que produtos, ofereça uma experiência completa para os consumidores. Independentemente do seu tipo de negócio, sempre será possível oferecer um mimo para os clientes. Algo que não precisa ser grande ou caro, muitas vezes nem mesmo um produto em si, mas que fará com que ele se lembre do seu negócio e até comente com outras pessoas sobre a experiência que teve. 

  • Tenha uma equipe bem treinada

Se o seu negócio tiver funcionários, é indispensável que eles recebam algum treinamento para que a sua empresa consiga vender mais e melhor. Mesmo que você contrate os profissionais mais qualificados da área, é importante que cada um deles conheça bem não apenas as suas próprias atividades, como também o seu negócio.

Em alguns casos, os funcionários serão responsáveis diretamente pelo atendimento ao cliente e poderão conseguir ou não vender mais. Além disso, sem conhecer informações como os valores da empresa, eles podem passar uma imagem errada do seu negócio para os clientes. Deixe claro como resolver situações de conflitos ou erros, assim como as ações adotadas pela empresa para conquistar mais clientes. 

  • Calcule os preços ideias para seus produtos

Saber como vender mais e melhor inclui saber precificar os seus produtos e serviços. Tarefa que nem sempre é fácil e, quando feita de qualquer jeito, pode fazer com que você perca vendas ou saia no prejuízo. Existe uma fórmula básica para chegar ao preço ideal de venda de um produto: somar os custos de um item e as despesas do seu negócio, dividir esse total pelas unidades feitas ou compradas e colocar mais um valor em cima que será o seu lucro. 

Se você tem um loja de salgados, por exemplo, e vende coxinhas, será preciso somar os valores gastos no preparo do quitute, como os ingredientes. Depois, acrescente as despesas, como conta gás, luz e aluguel do espaço onde os salgados são preparados e até mesmo os valores desembolsados com impostos ou com o MEI. Depois, divida o total pelo número de coxinhas que você conseguiu fazer com esses gastos. 

Você terá em mãos o valor de custo de cada salgado, mas, como todo dono do negócio, você escolheu empreender para ganhar dinheiro, correto? Então, chega a hora de acrescentar o seu lucro e chegar no preço ideal de um produto.

Para isso, será preciso conhecer os preços da concorrência, afinal, você não poderá oferecer uma coxinha por R$ 10,00 enquanto outros estabelecimentos vendem o mesmo salgado por R$ 5,00, correto? Isso espantaria muitos clientes. Da mesma forma, se você gastou R$ 3,00 para fazer cada coxinha, vendê-las por esse mesmo valor ou menos poderá fazer com o que o seu negócio fique no vermelho e quebre. 

  • Crie um site para a sua empresa

Em tempos de foco e estratégias especializadas na propaganda digital com a presença em redes sociais, você pode até pensar que não é mais necessário ter um site, ainda mais como uma plataforma capaz de te ajudar a vender mais e melhor. Porém, criar uma plataforma exclusiva do seu negócio pode ser uma atitude simples de tomar que poderá trazer bons resultados.

Criar um site profissional pode aumentar as suas chances de ser encontrado pelos clientes e, consequentemente, conseguir vender mais e melhor. Com ele, os consumidores poderão encontrar facilmente informações sobre a empresa como localização, horário de funcionamento, fotos do local, descrição de produtos e até mesmo depoimentos de pessoas que já compraram no seu negócio e saíram satisfeitos. 

Se você não sabe por onde começar, também pode escolher o Google Meu Negócio como uma maneira de ter um site simples disponível na internet. O serviço gratuito ganha um ponto a mais quanto à possibilidade de ser bem ranqueado no buscador, o que significa que o cliente tem mais chances de achá-lo quando usa o Google para pesquisar a sua empresa ou algum produto ou serviço que você ofereça.

Lembre-se que ter um site não significa que você não precisará ter perfis nas redes sociais que fazem sentido para o seu negócio. Porém, é importante manter a segurança da sua presença online sem depender especificamente de algoritmos e regras de plataformas como o Facebook e o Instagram. 

  • Apostem na inovação e na criatividade

Como vender mais e melhor se você faz sempre as mesmas coisas? Em determinados momentos, não é possível abrir mão do novo. Inovação e criatividade devem estar sempre presentes no negócio de quem quer crescer e lucrar cada vez mais. Esteja sempre atento às novidades do seu setor e procure formas novas de vender os mesmo produtos como um caminho de se destacar da concorrência.

Um caminho certeiro para aperfeiçoar suas habilidades e aflorar a criatividade é sempre procurar se especializar ou estudar o seu negócio. Com o Sebrae é possível encontrar inúmeros cursos para pequenos empreendedores e muitos deles são de graça e online. Conhecimentos sobre o seu setor podem te ajudar cada vez mais a aumentar as vendas.

Para quem quer saber como vender mais e melhor, por exemplo, tem um curso disponível apenas 8 horas de duração. Com ele, você irá passar por temas como o perfil de um profissional de vendas, a conquista dos clientes e a importância das ações e dos resultados que elas geram, além de descobrir qual as melhores de formas de escutar o mercado. 

  • Não descarte o que a tecnologia pode te oferecer

As possibilidades de venda de muitos produtos está mudando nos últimos anos. Com as facilidades da tecnologia, os clientes encontram exatamente o que querem, quando querem e conhecendo o preço de um produto em diferentes lojas. É o caso do setor gastronômico, por exemplo. Se você tem um restaurante hoje sabe que pode contar com o uso massivo de aplicativos de delivery que podem fazer você vender mais e melhor. 

Além disso, a existência dos chamados marketplaces, sites e aplicativos onde pequenos empreendedores podem vender seus produtos também geram mais oportunidades para quem quer aumentar as vendas. Pesquise como o seu setor é impactado pela tecnologia e adote as melhores práticas do mercado. Não tenha medo de arriscar e conheça o que a internet pode te oferecer de melhor.

  • Venda mais pelo WhatsApp

Falando em tecnologia, uma das mais populares hoje é o aplicativo de mensagens WhatsApp. É muito comum que uma pessoa que tenha um aparelho celular com acesso à internet use o APP para se comunicar com amigos, familiares e também para fazer negócios. Isso mesmo, muitas pequenas empresas já estão usando o aplicativo para contatar clientes e até mesmo fechar vendas. 

É importante tomar alguns cuidados na hora de usar o WhatsApp para vender mais e melhor. Mostre ao cliente que você está falando de um telefone comercial, ainda que você utilize o mesmo número para ligações pessoais. Coloque o logo da sua empresa no perfil e evite mandar mensagens em horários que poderão incomodar o cliente, como pela manhã muito cedo ou à noite, quando ele pode estar dormindo ou em momentos de descanso. 

Também é possível usar um aplicativo dedica apenas aos pequenos empreendedores, o WhatsApp Business. Com ele é possível criar um catálogo de produtos que serão exibidos para os seus contatos, além de disponibilizar informações como endereço, horário de funcionamento, e-mail e site para os clientes. O aplicativo ainda disponibiliza estatísticas sobre as mensagens enviadas e a possibilidade de enviar respostas automáticas aos clientes. 

O meio de comunicação é um ótimo aliado no pós-venda, momento importantíssimo para quem quer vender cada vez mais e melhor. Isso porque, quando um cliente recebe um ótimo suporte de uma empresa, sabe que obteve mais do que um simples produto e pode, claro, contar a experiência que teve para outras pessoas. 

  • Use o Instagram para vender mais

Grande aliado do pequeno empreendedor, o Instagram pode funcionar como uma vitrine dos seus produtos e tem capacidade de fazer o seu negócio ser conhecido por pessoas de diferentes localidades.

Os recursos de vendas do aplicativo ficam disponíveis a partir do momento que configura seu perfil para ser de empresa, com isso você poderá criar anúncios e ter acesso aos números das suas publicações: quantas pessoas foram alcançadas por ela, quantas curtidas, quem clicou no seu site a partir dos posts e outras informações. 

Use e abuse dos stories, aquelas publicações que ficam disponíveis por apenas 24 horas. Mas, o mais importante, é manter uma boa frequência de publicações. Como o algoritmo do aplicativo é quem dita as regras sobre quais seguidores mais verão os seus posts, é melhor estar sempre ativo para não ficar para trás. 

  •  Como o facebook pode aumentar as suas vendas

Ainda falando sobre redes sociais e tecnologia, o Facebook (dono do WhatsApp e do Instagram) é uma das plataformas mais visitados pelos brasileiros com acesso à internet. Ter um perfil da sua empresa nesta rede social pode ser um bom negócio (vale fazer uma pesquisa com os clientes para saber se eles estão lá), porque além dela ter um controle analítico sobre as suas ações online – sempre mostrando o que dá certo e o que não funciona em cada uma das suas publicações – também é possível fazer anúncios pagos

  • Venda mais usando o Google

Para vender mais e melhor atualmente você irá precisar de pelo menos um serviço do Google. Já falamos sobre o Google Meu Negócio, ferramenta gratuita que permite ao pequeno empreendedor criar um site simples da sua empresa e começar a aparecer no Google MAPS e no buscador com mais informações úteis aos clientes.

Mas as opções de serviços oferecidos pelo Google não para por aí. Para quem consegue pagar por propagandas online, a empresa tem o Google Ads, opção simples e acessível para conseguir mais clientes e aumentar as vendas. Além disso, também é possível adotar algumas estratégias para se posicionar bem no Google sem pagar, como manter boas práticas de SEO (Search Engine Optimization ou Otimização para Mecanismos de Busca, em português) quando postar conteúdos. 

  • Use os seus próprios clientes para vender mais

Como já falamos por aqui, ter excelência no atendimento ao cliente e se dedicar para que ele tenha uma experiência incrível no seu negócio são dois grandes motivos que levam os consumidores a falarem da sua empresa com outras pessoas. Esse troca de informações nada mais é do que o famoso boca a boca, indispensável para quem quer vender mais e melhor.

Não tenha vergonha de pedir um feedback para o cliente, e dê preferência para comentários feitos na internet. Pergunte se, caso tenha gostado da experiência de comprar na sua empresa, ele pode deixar uma boa avaliação no Google, no seu site ou nos seus perfis de redes sociais. Além disso, pergunte se você pode compartilhar as impressões que ele teve com outras pessoas e use essas opiniões para atrair novos clientes. 

Também é preciso ter cuidado com comentários negativos. Com a rapidez da internet, uma resenha negativa feita por um cliente que não gostou de algo pode rapidamente ser lida por milhares de pessoas. Para que o seu cliente possa te ajudar a vender mais, fique certo de oferecer a ele o melhor atendimento possível, assim como uma boa experiência de compra e de suporte pós-venda. 

  • Saiba vender mais em datas comemorativas

O calendário é um grande aliado do dono do negócio. Se você aprender a usar as datas comemorativas para vender mais, poderá contar com momentos como o Dia das Mães, Natal, Dia dos Namorados e Dia das Crianças para fazer uma renda extra. O principal segredo para vender mais e melhor em dias importantes é se antecipar. Comece a montar um plano de ação com bastante antecedência e aprenda ano após ano a reconhecer as melhores estratégias para o perfil do seu negócio.

Cada tipo de negócio pode aproveitar as datas comemorativas de uma maneira diferente. Por exemplo, se você tem uma loja de roupas, pode optar por oferecer descontos nas peças para o Dia dos Namorados ou ainda aproveitar o dia 12 de junho para lançar uma nova coleção. Capriche sempre na entrega e na embalagem dos produtos, esses dois detalhes podem fazer a diferença para quem está escolhendo um presente bacana e para quem deixou a busca para a última hora!

  • Faça promoções atrativas

Fazer boas promoções é uma estratégia muito usada por quem quer vender mais. Mesmo sendo popular e eficaz, porém, é preciso tomar alguns cuidados para que a ação seja uma forma de vender mais e melhor. Ou seja, os descontos devem ser atrativos para os clientes – nada de propaganda enganosa – e também não deixar o negócio no vermelho.

Antes de decidir lançar qualquer promoção é preciso conhecer a situação financeira do seu negócio, afinal, não dá para oferecer bons descontos quando uma empresa está no vermelho. Depois, escolha as melhores opções de acordo com o perfil do seu negócio. Promoções como compre 1 leve 2 ou indique um amigo e ganhe são populares e se encaixam em muitos tipos de empresas. 

Não esqueça da importância de divulgar uma boa promoção. Use seus perfis nas redes sociais para comunicar os descontos no seu negócio, mas aposte também em locais como a frente do seu estabelecimento, caso tenha um endereço fixo, e no boca a boca dos clientes.

  • Evite aceitar fiado

Não adianta vender muito e não receber, certo? Nenhum pequeno empreendedor quer passar pela situação de ter de cobrar um cliente ou até mesmo ficar sem receber o valor de uma venda. Mesmo que a prática seja comum em alguns setores, como em pequenas vendinhas ou bares de bairro, vender fiado não é uma boa opção para a saúde financeira de um negócio e pode até dar a falsa sensação de que as vendas estão boas, quando na verdade o caixa está vazio. 

Para evitar aceitar fiado, você pode oferecer mais formas de pagamento para os clientes. Não tem dinheiro para levar o item que precisa muito? Nós aceitamos pagamento no cartão de crédito, é o que você poderá dizer. Além disso, quando criamos uma boa relação com os clientes, podemos fazer a reservas de produtos. Se você tiver certeza de que o cliente virá buscar um determinado item quando tiver como pagar, tire ele da vitrine e reserve. 

  • Saiba como não levar calotes de clientes

Não tem como vender mais e melhor sem receber o dinheiro das vendas, correto? Pode até parecer algo distante, mas os conhecidos calotes ainda existem e o dono do negócio pode tomar algumas decisões para evitar que ele aconteça. A primeira, como já falamos, é evitar aceitar fiado. Deixe visível para os clientes que você não aceita fiado, mas que é possível comprar com o cartão por exemplo.

E é exatamente as opções de pagamento que poderão te ajudar a não levar calotes de clientes. Para evitar a inadimplência, você pode permitir que o consumidor pague com cartão de crédito ou débito, por exemplo, além de fornecer Nota Fiscal para ter um comprovante de que a compra foi verdadeiramente efetuada. Além disso, não tenha medo de pesquisar se determinado cliente é um bom pagador: é possível consultar sites de restrição de créditos, por exemplo. 

  •  Aceite mais de uma opção de pagamento

Permitir que os clientes usem outras opções de pagamento além do dinheiro não é um mero detalhe, é parte de uma estratégia para vender mais e conquistar mais consumidores para a sua empresa. Além disso, como acabamos de ver, aceitar cartões pode ser uma forma de garantir o recebimento dos valores das vendas.

Empresas e pessoas físicas podem ter uma maquininha de cartão. Além disso, existem diversas opções que atendem aos mais variados tipos de negócios: daqueles que precisam andar com a máquina na bolsa àqueles que preferem receber o pagamento o mais rápido possível. Pesquise a melhor opção para você!

  •  Seja transparente com o cliente 

As letrinhas miúdas não são boas para nenhum consumidor, e a transparência em cada uma das etapas do seu negócio pode te ajudar a vender cada vez mais e melhor. Quando um cliente sabe exatamente o que está comprando você terá menos chances de ter problemas depois das vendas e mais chances do consumidor indicar o seu negócio para outras pessoas. 

Portanto, nada de empurrar um produto ou serviço que você sabe que não é o que o cliente está procurando ou abandoná-los depois de receber o dinheiro da venda. Sendo transparente com o consumidor, você e o seu negócio terão a confiança dele e consequentemente aumentarão a sua credibilidade no mercado! 

Vai colocar em prática alguma dica sobre como vender mais e melhor? Conte para nós nos comentários!

Equipe Dono do Negócio

O Dono do Negócio é um blog feito pela SumUp para te ajudar a vender melhor.