7 ideias de negócios para abrir em casa e economizar com aluguel

Ter o seu próprio negócio pode ser mais fácil do que você pensa. Conheça os melhores setores para começar dentro de casa!
23 de setembro de 2019LEITURA DE 8 MIN

Abrir um negócio em casa é uma boa opção para quem tem pouco dinheiro para começar porque gera menos custos e despesas como o aluguel do espaço, a estrutura de móveis e contas de água e luz. Hoje, a internet — tanto como plataforma de venda, como de propaganda e gerenciamento — torna possível a prática de muitas ideias de negócios para trabalhar em casa.

É preciso ficar atento para a diferença entre trabalhar de casa, o que normalmente acontece quando você é funcionário de uma empresa e pode fazer suas funções no conforto do lar, e efetivamente ter seu próprio negócio com sede no mesmo endereço em que você mora. 

Ao abrir uma empresa, tenha ela um endereço próprio ou não, você irá fazer investimentos de tempo e dinheiro que demandam esforço e bastante trabalho. No cenário do negócio em casa, é preciso se atentar em dobro quanto à rotina e à separação do pessoal e do profissional para que a empresa seja um negócio lucrativo!

  • Monte planejamentos diários

Saber o que fazer em cada horário do dia é uma estratégia importantíssima para manter o negócio em casa. Independentemente do tipo de negócio, planejar o dia, a semana e o mês dará maior segurança ao crescimento da empresa e até mesmo flexibilidade: sabendo dos seus compromissos, você pode remanejar as demandas e não ficar perdido com a produção ou gerenciamento do seu negócio. 

  • Tenha foco

Nem todo mundo consegue trabalhar em casa com disciplina e atenção total dedicada às atividades da empresa. Mas essa é a melhor forma de conseguir dar conta das obrigações. Se existe alguma possível distração ou se você precisa dividir a sua atenção com outras pessoas, como filhos pequenos, tente programar o seu dia incluindo as pausas obrigatórias. 

Quer ser dono do seu negócio? Confira 7 ideias de negócios lucrativos em casa:

1. Cozinhar por encomenda

O setor alimentício está sempre com alguma novidade e não deixará de ter público, por isso é uma boa ideia de negócio lucrativo para trabalhar em casa. É possível fazer marmitas de almoço se você mora próximo às regiões empresariais da sua cidade, por exemplo. Também dá para receber encomendas de quitutes de festa, como salgadinhos e doces. Se você é bom em cozinhar para muitas pessoas, pode apostar em fazer refeições para eventos.

2. Artes manuais (ou nem tanto)

Uma das ideias de negócios lucrativos em casa que mais atraem as pessoas com alguma habilidade manual é o artesanato. Se você sabe fazer produtos como bolsas, tapetes, quadros, velas (são muitas as possibilidades), pode encontrar um lugar para expor, como feiras, ou criar um site para divulgar os itens. Aqui também entram aquelas artes nem tão manuais assim, que podem ser facilitadas por máquinas especializadas, como canecas e camisetas estampadas! 

3. Desenvolvimento de sites e softwares

O mercado de Tecnologia da Informação está em busca de cada vez mais profissionais, o que tem tornado o ensino de programação de sites e softwares cada vez mais acessível para quem quer aprender. Além disso, esse mercado possibilita que o profissional tenha a sua própria empresa para prestar serviços de desenvolvimento diretamente da sua casa, já que as ferramentas necessárias para o trabalho 

4. Estética e beleza

Se tiver aptidão ou formação para atuar como cabeleireiro, manicure, barbeiro ou esteticista de uma forma geral, pode também começar a atender os clientes em casa. Ou seja, ter um salão de beleza próprio dentro da sua residência. Para prestar um serviço profissional, tente reservar um espaço apenas para receber os clientes.

5. Loja virtual

Entre as boas ideias de negócios em casa, há espaço no mercado para as lojas virtuais, conhecidas como e-commerce. Mesmo se você não faz os próprios produtos como, é possível vender vários outros itens por um site especializado. Se você gosta de moda, por exemplo, pode garimpar roupas em brechós físicos e revender criando um brechó virtual. 

6. Escrita e criação

Os setores que também possibilitam que o profissional abra um negócio em casa são de redação de artigos, publicidade e de design. Um Microempreendedor Individual (MEI), por exemplo, pode prestar serviços para outras empresas criando peças publicitárias e textos para blogs. 

7. Decoração de festa

Mais opções de ideias de negócios para trabalhar em casa incluem a possibilidade de abrir uma empresa caseira de decoração de festas. Você deverá ter um espaço de estoque em sua casa para guardar os itens que poderão ser reutilizados em cada um dos eventos. Além das festinhas infantis, também há espaço para criar em casamentos e festas de empresas! 

Você já tem um negócio em casa? Conte para nós a sua história!

Equipe Dono do Negócio

O Dono do Negócio é um blog feito pela SumUp para te ajudar a vender melhor.