Como revender roupas direto da fábrica

LEITURA DE 9 MIN

Revender roupas é uma ótima forma de empreender no mundo da moda. Há muitas roupas baratas, no atacado ou direto da fábrica, para você revender e ganhar uma renda extra. Podem ser peças infantis, masculinas, femininas, não importa: há para todos os gostos.

No entanto, como em qualquer negócio, revender roupas exige planejamento, pesquisa e estratégia para garantir que você consiga ter sucesso e ganhar ainda mais. Por isso, nós te ajudamos dando as dicas para começar a revender roupas. Confira:

Dicas de como revender roupas

1) Conheça seu público e foque em um tipo de roupa

Você quer revender roupas baratas ou de marca? Ambos podem valer a pena, mas depende do sue público. Em roupas mais baratas, você precisa comprar em atacado e revender em grande volume, já que a margem de lucro é menor. Já com roupas de marca, você precisa conseguir os fornecedores corretos e encontrar um público mais selecionado — porém, a margem de lucro poderá ser maior.

Não adianta querer vender roupas de marca para um mercado mais popular. Nem vice-versa. Portanto, estude o mercado em sua cidade e bairro e veja para quem você poderá revender.

É importante também acompanhar sites de moda e conversar bastante com seus clientes para garantir que sempre estará por dentro, conhecendo os desejos de seu público.

2) Saiba onde comprar roupas mais baratas e no atacado

Se o seu plano é revender em massa, você possivelmente irá procurar por algum lugar para comprar em atacado. Diferentes regiões tem seus polos de venda em atacado para comprar roupas baratas. Em São Paulo, por exemplo há a região do Brás, enquanto em Belo Horizonte há Barro Preto, e no Paraná há a Cianorte. Veja aqui as principais regiões em diferentes estados, que separamos para você.

3) Planeje-se corretamente

Veja qual a cidade mais próxima para você e se planeje para fazer muitas compras. Coloque no seu orçamento não só quanto irá gastar comprando as roupas, mas quanto irá gastar com hospedagem, transporte, alimentação.Tudo isso deve ser considerado também como custo — assim, quando for calcular sua margem de lucro, você fará levando em conta tais gastos.

Lembre-se de que, muitas vezes, para a viagem valer a pena, você precisa comprar um volume muito alto de roupas. Imagine, por exemplo, que irá gastar R$ 100 com passagem, R$ 100 com hotel e mais R$ 100 com alimentação. São R$ 300 de custo.

Mas ainda é preciso levar em conta o investimento nas roupas. Vamos supor que você está levando tudo o que tem: R$ 1200. Agora vem a hora de calcular o lucro esperado. Nesse caso, vamos pensar em R$ 900.

Por fim, ainda é preciso levar em conta margem de encalhe — afinal, por mais que tenha se planejado, não conseguirá vender tudo de uma vez. Para quem faz um bom planejamento, a margem pode ser de 10%.

Agora é hora de somar tudo:

Passagem (R$ 100) + hotel (R$ 100) + alimentação (R$ 100) + valor de investimento (R$ 1500) + lucro esperado (R$ 900) = R$ 2.700

Agora, vamos somar 10% do total e chegamos a R$ 2.970. Vamos arredondar para R$ 3.000. Considerando que você investiu R$ 1.500, para conseguir o lucro de R$ 900, precisará vender as roupas pelo dobro do preço.

4) Veja essas e outras marcas de roupas para revender direto da fábrica

Você não necessariamente precisa ir até um lugar de atacado para comprar roupas e revender. É possível também escolher algumas marcas que têm programas de revenda e que têm alta qualidade. Confira algumas:

Colmeia

A Colmeia é uma marca de moda feminina com mais de 24 anos de mercado e mais de 24 lojas de atacado e varejo no Norte e Nordeste do Brasil. Ela tem oito lançamentos no ano e toda semana renova os estoques de sua loja, trabalkhando com aplo estoque de cores e modelos. Para começar a revender, basta clicar aqui.

Lado Avesso

Uma das mais conhecidas no ramo da revenda, a marca foi criada na década de 1980 e é voltada ao público jovem, com modelos masculinos e femininos. A loja deles é em Maringá, no Paraná, mas é possível comprar à distância. Para começar a revender, basta entrar em contato pelo site.

Eloá Modas

A empresa lança novas coleções de roupas e acessórios femininos a cada temporada, com forte pesquisa no mercado de moda nacional e internacional. Vendem no atacado e exibem suas peças em showrooms no Norte e Nordeste, em cidades como Manaus, Maceió e Fortaleza. Para se tornar revendedor, basta clicar aqui e se inscrever.

Morena Chic

Voltada ao mercado feminino e jovem, a empresa vende peças por preços bem acessíveis. Ela aposta em peças mais despojadas , como é possível ver no Lookbok do site. Para começar a revender, basta entrar no site, escolher as peças e solicitar seu orçamento.

Lisa Brasil

Uma das mais conhecidas no ramo de revenda consignada para roupas femininas, está no mercado há mais de 12 anos e se destaca pela variedade de produtos. Tem inclusive linha de roupas para mulheres evangélicas. É uma ótima opção para quem atende públicos com gostos bastante variados. Para comprar no site, é preciso investir em ao menos 10 peças diferentes. Para revender, acesse o site.

5) Aceite cartão

Ter uma máquina de cartão também é muito importante. Afinal, nem todos os seus clientes vão ter dinheiro para comprar à vista, ou irão andar com muitas notas em papel. E você não quer perder vendas, certo? Conte com as da SumUp, responsável pelo Dono do Negócio. Elas não têm aluguel, contam com as melhores taxas do mercado e são ótimas. Para quem é nosso leitor, há desconto de 5%. Basta clicar na imagem abaixo:

ASSUNTOS

Equipe Dono do Negócio

O Dono do Negócio é um blog feito pela SumUp para te ajudar a vender melhor.