7 lugares para comprar roupas baratas no atacado e varejo

LEITURA DE 9 MIN

Quem trabalha com revendas de roupas, sabe como é importante comprar roupas baratas no atacado e no varejo. No Brasil, há diferentes regiões para você comprar e revender peças de moda por preços baixíssimos. Quem é de São Paulo, por exemplo, com certeza já ouviu falar do Brás.

O complexo atacadista Megapolo, as lojas de rua e as famosas feirinhas da madrugada atraem milhares de pessoas por dia, o que transformou o bairro paulistano no destino de compras mais famoso do Brasil. Existem excursões para o Brás saindo diariamente de todos os cantos do país.

Entretanto, existem outros centros comerciais atacadistas espalhados pelo Brasil que estão crescendo cada vez mais. Portanto, se você quer fugir do trânsito paulistano e mesmo assim garimpar excelentes peças no atacado e varejo, fique de olho:

Onde comprar roupas baratas no atacado e varejo no Brasil

Barro Preto – Belo Horizonte, Minas Gerais

O Barro Preto é um dos bairros mais antigos de Belo Horizonte e recebeu suas primeiras lojas de moda na década de 30. Hoje ele possui mais de 800 lojas de roupas e acessórios e recebe mais de 350 mil pessoas por dia. Vá a pé e ande principalmente pelas avenidas Amazonas e Augusto de Lima. O Portal Barro Preto pode te ajudar a planejar sua visita.

São José do Rio Preto, São Paulo

A 450 km de São Paulo, São José do Rio Preto conta com mais de 1200 confecções em shoppings atacadistas: o Clube da Moda Center, o Center Hall, Fashion Center e o Shopping Litoral. Vale lembrar que muitas lojas do Brás também possuem filiais nestes shoppings. Além disso, você conta com toda a infra-estrutura que um shopping comum oferece: praça de alimentação, banheiros, ar condicionado e por aí vai…

Cianorte, Paraná

Considerada por muitos a capital do vestuário, esta cidade no noroeste do Paraná também conta com shoppings atacadistas, como o Master Cianorte e também com a Rua da Moda, na Avenida Paraíba, que reúne lojas de fábrica que vendem atacado de varejo. Cianorte também atrai muitos revendedores e lojistas para a Expovest, um grande evento que acontece duas vezes ao ano para apresentar as coleções de Primavera/Verão e Outono/Inverno das confecções locais, com peças disponíveis a pronta entrega.

Rua 44 – Goiânia, Goiás

Ao lado do Terminal Rodoviário de Goiânia, a Rua 44 é inteira dedicada às confecções e também atrai muitas sacoleiras e revendedores de todo o Brasil. Se você decidir visitar a cidade, também vale a pena conferir a Feira Hippie, que acontece nos fins de semana na Praça do Trabalhador.

Brusque, Santa Catarina

A cidade catarinense está aumentando cada vez mais a sua oferta para lojistas, revendedores e sacoleiras. Lá, existem muitas fábricas e confecções que abrem espaços para a venda no atacado e algumas também para o varejo. Antes de ir, vale a pena pesquisar direitinho quais você vai visitar e entrar em contato com um responsável.

Saara – Rio de Rio de Janeiro, Rio de Janeiro

O Rio de Janeiro tem um dos maiores shoppings abertos do comércio popular brasileiro. O Saara (sigla para Sociedade de Amigos das Adjacências da Rua da Alfândega), no centro da capital carioca, vende de tudo — inclusive roupas baratas (no atacado e no varejo), mas também artigos para festa, brinquedos e itens de decoração para a casa.

A região compreende a Rua da Alfândega, a rua Buenos Aires, a Senhos dos Passos e a Rua dos Andradas. A região é boa não só para quem trabalha com roupas, mas para quem também pretende ganhar um dinheiro a mais vendendo acessórios como bolsas e sapatos, além de itens de beleza como maquiagens. Veja no vídeo abaixo um pequeno guia de como fazer compras baratas no Saara:

Feira da Madrugada – Fortaleza, Ceará

Uma ótima opção pra quem mora nas regiões Norte e Nordeste é a Feira da Madrugada de Fortaleza, que acontece  há mais de 30 anos, na Rua José Avelino. A feirinha atrai todos os tipos de público e é, por muitos, considerada o  “Brás nordestino”.

A região ainda tem shoppings populares, que se compõem com os camelôs. São eles: Pátio Central, Fontenele Mall e Super Boxes 100. Há também os Galpões da José Avelino, que contam com milhares de roupas baratas e os alpões da Sé. Veja os horários de funcionamento de cada um deles:

Shoppings:

Pátio Central, Fontenele Mall e Super Boxes 100

Segunda, das 8h às 12 horas;
Quarta, sexta e sábado, das 8h às 19 horas;
Quinta e domingo, das 6h às 12 horas;
Na terça-feira, os estabelecimentos não funcionam.

Galpões da José Avelino:

GPE, Galpão da Felicidade, Galeria 185, Pop Shop, Mucuripe Moda (não aber às segundas), Moda Mix, Galpão do Povão, Quina do Povão, Naratão da Moda, Galeria HE e Shopping José Avelino.

Segunda, das 6h às 12 horas;
Quarta, das 6h até às 12 horas de quinta;
Sexta, das 8h às 20 horas;
Sábado, das 6h até 12 horas de domingo;
Na terça-feira, os estabelecimentos não funcionam.

Galpões da Sé:

Alda da Gia, Buraco da Gia, Feirinha da Gia, Feira São José e Feirão Baturité
Segunda e terça, das 6h às 15 horas;
Quarta e quinta, das 4h30 às 15 horas;
Sexta, das 6h às 20 horas;
Sábado e domingo, das 4h30 às 15 horas.

 

Veja mais dicas no vídeo abaixo:

Além destes, existem muitos outros lugares espalhados pelo país com uma ótima oferta de produtos para você manter o seu negócio sempre na última moda. O mais importante é se programar com antecedência e pesquisar sobre o destino escolhido para que o dia da visita seja o mais produtivo possível. Boas compras!

Se quiser, confira mais dicas no vídeo abaixo:

Equipe Dono do Negócio

O Dono do Negócio é um blog feito pela SumUp para te ajudar a vender melhor.