Carnaval 2019: 8 formas de ganhar dinheiro com a folia (e 2 dicas importantes)

Festa pra uns, oportunidade pra outros. O Carnaval é um desfile de possibilidades
21 de fevereiro de 2019LEITURA DE 9 MIN

O Carnaval é aquela festa em que todo mundo sai ganhando. Quem gosta da folia, desfila e vai pros bloquinhos de rua. Quem não gosta, aproveita o feriado pra viajar. Mas, seja você folião ou não, é impossível negar a ótima oportunidade de ganhar uma grana extra.

O mais importante pra lucrar no Carnaval 2019 é apostar na criatividade e pensar no que o folião pode querer ou precisar durante o período. Dá uma olhada na lista de ideias do Dono do Negócio!

Dicas para ganhar dinheiro no Carnaval

  1. Acessórios e fantasias

Assim como em todas as festas, é comum a galera deixar os preparativos para o Carnaval pra última hora. Por isso, uma boa pedida é vender itens carnavalescos não só no meio do povo, mas também nos arredores, por onde a multidão passa pra chegar na concentração dos bloquinhos.

Os acessórios e fantasias que são fáceis de colocar por cima da roupa são boas pedidas. Ah, e você pode tanto comprar as peças como costurar em casa, se souber. Camisetas de super-heróis ou com frases engraçadas, tiaras enfeitadas e máscaras costumam fazer sucesso.

Tente oferecer produtos com temas que estejam na moda, como um filme ou uma série de sucesso. Assim, o interesse do cliente pela sua mercadoria vai ser maior.

  1. Porta-dólar e pochete

A gente sabe que, infelizmente, os batedores de carteira fazem a festa e se aproveitam da distração das pessoas em todo tipo de aglomeração. Por isso, porta-dólares (aquelas bolsinhas com elástico que ficam escondidas debaixo da roupa) e pochetes são muito bem-vindos no Carnaval 2019!

Pra quem costura, também existe a possibilidade fabricar os porta-dólares em casa. Eles podem tanto ser coloridos, pra combinar com o clima carnavalesco, quanto neutros, pra servir o ano todo. Tente vender nos primeiros dias da folia, quando a procura deve ser maior — assim, a galera consegue usar o item durante o resto do feriado.

  1. Bebidas

“Bebeu água? Não! Tá com sede? Tô!”. Não é à toa que essa música do Chiclete com Banana é um sucesso no Carnaval. No calor, com todo mundo pulando e cantando, não dá pra desidratar!

Água e cerveja não podem faltar no carrinho, mas outras bebidas também agradam o público, como catuaba, vodca e refrigerante.

Um vendedor tem que ter na cabeça que a bebida precisa estar gelada! Esse detalhe é bem importante e deve ser planejado com cuidado. Veja, por exemplo, se dá pra ter um fornecedor de gelo perto do seu local de venda ou na região em que vai circular.

Também é preciso manter o preço mais ou menos no padrão dos outros vendedores. Não adianta tentar vender a R$ 10 uma cerveja se os outros estão vendendo a R$ 5, né?

  1. Comidinhas

Além de sede, a galera também tem fome. Afinal, vai muita energia pra acompanhar os blocos. A venda de comidas é um pouquinho mais complicada, já que a higiene e o frescor dos alimentos são importantíssimos!

Faça sanduíches variados (inclusive opções vegetarianas) e embrulhe tudo bem muito bem. Quanto melhor a aparência deles, mais apetitosos vão ser.

A maionese é um tema polêmico, especialmente no calor. Prefira oferecer o sachê ao invés de passar no pão: isso ajuda a passar ainda mais confiança pro cliente que quer comprar seu sanduíche.

  1. Capas de chuva

As festas de Carnaval costumam acontecer em lugares abertos. Logo, está todo mundo sujeito a tomar chuva. Como guarda-chuvas não vão muito bem em multidões, ter um estoque de capas de chuva descartáveis pode te transformar no salvador da folia!

  1. Chapéus e bonés

Muita gente esquece que vai passar o dia debaixo do sol quente e acaba não levando nada pra proteger a cabeça. Essa é uma boa oportunidade pra vender chapéus e bonés, ainda mais se eles forem engraçadinhos para serem usados como fantasia.

  1. Geladinho

Sacolé, juju, chopão, chup-chup, dindin, gelinho. Cada lugar tem sua própria forma de chamar esse suco congelado num saquinho. O fato é que ele é um sucesso!

No Carnaval, a versão alcoólica chama mais atenção. Pode ser de catuaba, de caipirinha ou de batidas. É só lembrar que o geladinho tem que ser gelado, né? Então, cabe aqui também a mesma dica da bebida: veja onde comprar ou guardar gelo perto dos pontos de venda!

  1. Purpurina, confete e serpentina

Tudo isso pode ser feito em casa. “Mas até a purpurina?”, você pode se perguntar. E a resposta é “sim”. Isto porque a purpurina tradicional, feita de micro pedacinhos de plástico, virou a vilã do Carnaval pra muita gente por causa das questões ambientais. Daí, a internet tem vários tutoriais de como fazer glitter ecológico. Mas, claro, o brilho comum continua tendo público e pode garantir boas vendas nas festas.

Confete e serpentina são basicamente papéis cortados em diferentes formatos e também existe um monte de tutoriais de como fazer!

Escolheu o que quer fazer pra ganhar uma graninha extra no Carnaval 2019? Agora dá uma olhada nessas 2 dicas que podem aumentar ainda mais as suas vendas:

  • Tenha uma máquina de cartão

As pessoas não costumam levar muito dinheiro pros blocos por causa do risco de roubo e furto ou, simplesmente, porque não querem gastar muito, sem nem ver onde a grana foi parar. Aceitar cartão é um diferencial que conta pontos com a clientela e facilita a venda na rua.

  • Comece a vender no pré-carnaval

Teoricamente, o Carnaval 2019 começa em março. Mas, na prática, ele já começou! Muitas cidades brasileiras já estão com blocos nas ruas. Então, fique ligado no calendário da sua região, especialmente nos dias 23 e 24 de fevereiro — o último final de semana antes da festa oficial, quando rolam muitos ensaios abertos. Em alguns lugares, a folia se estende até a semana seguinte. Não marque bobeira e aproveite bem este Carnaval!

Equipe Dono do Negócio

O Dono do Negócio é um blog feito pela SumUp para te ajudar a vender melhor.