6 passos para criar um site profissional

LEITURA DE 15 MIN

As informações do seu negócio, como endereço, serviços prestados ou produtos vendidos, devem ser facilmente encontradas na internet pelos clientes. Para isso, você deverá criar sua página. Nesse texto, vamos te ensinar, passo a passo, como criar um ste profissional.

Manter um site empresarial pode ser tão importante quanto reformar a fachada do seu estabelecimento ou panfletar na rua. Hoje, é comum pesquisar por produtos ou serviços online. Antes de sair de casa, muita gente prefere procurar na internet por empresas que oferecem aquilo que estão procurando, assim como preços, condições de pagamento e horário de funcionamento.

Vamos tornar o seu negócio mais acessível?

Os 6 passos para criar um site profissional e alavancar seu negócio

Passo 1: Crie domínio e hospedagem

 

O primeiro passo é criar o local onde você irá instalar seu site, como se fosse a casa onde fica a sua empresa. Na internet, ele é composto por hospedagem e domínio.

A hospedagem é o serviço que possibilita ao site existir na internet. É onde todas as informações de seu site ficam guardadas. Ao comprar uma hospedagem, sua página poderá ser visualizada por todos.

Sabe aquele endereço que precisamos digitar no navegador para entrar em um site? Esse é o domínio. Por exemplo, se você tem uma loja de ferramentas chamada “Prego e Martelo”, o nome do domínio poderá ser: www.pregoemartelo.com.br.

Há serviços de hospedagem e domínio gratuitos e pagos. A sua escolha irá depender do valor que está disposto a investir, mas também do seu conhecimento sobre as ferramentas. Algumas são mais fáceis e intuitivas de usar, enquanto outras são mais complicadas. Neste caso, pode valer a pena contratar o serviço de um profissional especializado ou contar com a ajuda de alguém que entenda do assunto.

O vídeo abaixo te ensina como criar, passo a passo, um domínio:

Já o processo e hospedagem, depende do serviço que você contratar. Listamos alguns abaixo:

 

Os principais serviços de hospedagem e domínio para criar um site profissional

Hostgator

O Hostgator é um serviço bastante conhecido, mas não é gratuito. Os planos variam de R$11,99/mês até R$19,99/mês, dependendo da sua necessidade. Um dos principais pontos positivos é oferecer suporte 24 horas por dia, mesmo aos finais de semana. Assim, se surgir algum problema, você poderá entrar em contato com a equipe deles.

Wix

O Wix é outra opção bastante popular e prática. O serviço oferece diversos templates (visual do site) para computadores, tablets e celulares. Para criar, basta escolher um template e fazer as alterações necessárias, adicionando seu próprio texto, imagens e vídeos. Não é preciso ter conhecimentos específicos sobre programação.

Os planos custam de R$9,50/mês até R$57,29/mês. Os pacotes mais baratos oferecem menos capacidade de armazenamento e menos facilidades, como serviços de remoção de anúncios e possibilidade de criar lojas virtuais. Os mais caros disponibilizam domínio gratuito (a partir de R$19/mês) e mais ferramentas para o empreendedor.

GoDaddy

A GoDaddy oferece uma boa variedade de ferramentas e recursos para quem pretende criar o próprio site sozinho. Há diversas opções de templates e opções de hospedagem. Disponibiliza suporte por telefone e, para quem precisa de mais ajuda, recursos de design e programação.

A GoDaddy oferece tanto opções simples e acessíveis, com planos a R$8,99/mês, quanto mais elaboradas, chegando a cobrar R$241,98/mês.

Hostinger

O Hostinger é um serviço de criação de sites para quem não pode tirar um real do bolso. Oferece domínio e hospedagem em WordPress gratuitos. A empresa garante que, apesar de grátis, o serviço é livre de anúncios. Também há planos pagos, com mais ferramentas disponíveis, como a possibilidade de fazer backups semanais e mais espaço em disco. Os planos para empresas e projetos menores custam a partir de R$6,39/mês.

Iluria

A Iluria é boa opção para quem deseja ir além de criar um site profissional e começar a vender pela internet, pois permite a criação de lojas virtuais. O serviço é voltado para pequenos e médios lojistas e oferece apenas um plano gratuito, chamado “Plano degustação”, que dura 15 dias. Os outros pacotes custam a partir de R$9,90/mês.

Passo 2: Crie o visual do site

Ao contratar o serviço de hospedagem, você irá escolher uma opção de layout (aparência do site). Personalize-o para deixá-lo com a cara do seu negócio. Funciona como decorar a fachada e o interior da sua empresa: coloque o logo e escolha as cores que se relacionam com a sua marca. Além disso, insira fontes, imagens e vídeos que deixem as páginas mais atrativas e com personalidade.

O cliente deve perceber, logo de cara, que está no site da sua marca. Além disso, deve saber do que se trata o negócio. Se você tem um food truck de sorvetes, por exemplo, construa o site com as mesmas cores usadas no trailer — e elas devem conversar com o seu objetivo. Se oferece apenas alimentos veganos, por exemplo, use a identidade visual para passar essa ideia, investindo em cores e frases que se relacionem.

Alguns dos serviços que indicamos, como o GoDaddy e o Wix, possuem ferramentas específicas para te ajudar a criar a parte visual do seu site. Mas se você estiver utilizando outro serviço, como o WordPress, você precisa procurar por dicas específicas para a plataforma.

Passo 3:  Alimento o site com informações importantes

Depois de construir a identidade visual, é preciso alimentar o site com conteúdo relevante para os clientes. Informações de contato básicas, como telefone, email, endereço e horário de funcionamento, devem estar na primeira página. Logo e nome da empresa também, assim como uma breve explicação sobre o que oferece.

Por exemplo, no caso da loja de ferramentas “Prego e Martelo”, escreva algo nesta linha: “Somos uma loja de ferramentas localizada em São Paulo. Oferecemos mais de 50 tipos de ferramentas e trabalhamos com fornecedores confiáveis”.

Você poderá criar páginas para as outras informações necessárias. Por exemplo:

  • “Sobre”: conte mais sobre a história da empresa, seus objetivos, quem a fundou e quem trabalha nela;
  • Serviços ou produtos oferecidos;
  • Galerias de fotos do espaço, com imagens em alta qualidade;
  • Mapa com a localização da empresa e instruções sobre como chegar lá;
  • Formas de pagamento;
  • Depoimentos de clientes.

Passo 4: Crie páginas para comentários, sugestões e dúvidas

Prestar um bom atendimento é essencial para o sucesso do negócio. Na internet, não é diferente. Ao entrar no site da sua empresa, o cliente poderá ter dúvidas sobre os produtos e serviços oferecidos. Crie uma página para facilitar o contato entre o negócio o usuário.

Disponibilize campos para comentários, onde eles enviam as perguntas e você responde em aberto, para que os outros clientes também possam ver as respostas.

Outra ideia é criar um campo de email na página de contato, no qual o usuário insere seu nome, endereço de email e dúvida. Assim, a resposta da empresa chegará diretamente na caixa de entrada dele.

Responder todos os clientes em um tempo razoável, como 48 horas, é fundamental para manter a boa reputação da empresa e não perder vendas.

Empresas que demoram muito para responder, dão pouca atenção na resposta ou simplesmente não respondem, tendem a receber críticas online. Essas acusações podem ser feitas nas redes sociais do negócio ou em sites como o Reclame Aqui.

Deixe claro que o seu negócio está aberto para sugestões e que se disponibiliza a responder todas as dúvidas e críticas do cliente.

Site profissional

 

Passo 5: Atualize o site com frequência

Site finalizado, serviço cumprido? Não. Será preciso continuar atualizando-o com frequência. Sempre que houver novidades sobre a empresa, como mudança de endereço ou novo telefone para contato, atualize as informações. Além disso, use o espaço para divulgar promoções ou acontecimentos.

As promoções podem receber destaque, logo na primeira página. Se a sua empresa ganhar um prêmio ou receber algum reconhecimento importante, use o espaço para expor a conquista.

Outra ideia é criar uma página só para as novidades importantes. Além disso, sempre atualize as fotos e os depoimentos dos clientes.

Lembre-se de compartilhar as novidades nas redes sociais do seu negócio, como Facebook, Instagram e outros canais que utiliza. Por fim, deixe o link do seu site empresarial nesses canais, junto das outras informações.

Passo 6: Acompanhe os acessos

É possível saber o número de pessoas que entraram no site da sua empresa e visualizaram as páginas. Normalmente, as plataformas de hospedagem oferecem um serviço básico que revela o número de acessos, dependendo do pacote contratado.

O serviço mais famoso, no entanto, é o Google Analytics. Ele é gratuito e, para utilizá-lo, você deve criar uma conta e configurar o seu site profissional dentro dela.

Além disso, será preciso instalar um código gerado pelo próprio Analytics em todas as páginas do site, para que comece a capturar as informações.

Esse código permitirá que o Google Analytics colete dados como:

  • Número de visitantes no site e em cada página;
  • Quando tempo o visitante passou em cada página;
  • Quanto tempo as páginas demoraram para carregar;
  • O que os visitantes buscaram dentro do site;
  • Perfil dos visitantes, como idade, gênero e local onde vivem.

Analisar os acessos, seja pelo Google Analytics ou por outro serviço similar, ajuda a entender quem são os seus clientes e se o seu site está atingindo o público esperado. Você poderá descobrir quais produtos são mais procurados, por exemplo.

Além disso, se o número de visitas for muito baixo, poderá fazer alterações necessárias para que as páginas se tornem mais atrativas. Talvez seja preciso trocar o layout ou colocar mais informações.

No vídeo abaixo, você confere um curso de 2 horas para instalar e dar os primeiros passos no Google Analytics:

Equipe Dono do Negócio

O Dono do Negócio é um blog feito pela SumUp para te ajudar a vender melhor.