Saiba como calcular preço de serviços prestados

Precificar um serviço é diferente de decidir quanto cobrar pela venda de um produto!
27 de fevereiro de 2020LEITURA DE 10 MIN

Você sabia que chegar ao preço ideal de um serviço é diferente de precificar um produto? Isso porque a prestação de serviços envolve mais do que a soma de custos e despesas com os lucros pretendidos. Ou seja, para saber como calcular preço de serviços prestados é preciso entender e considerar o valor real do que você fornece ao cliente. Você já se perguntou quanto custa a solução que está oferecendo ao consumidor?

É preciso, sim, ter em mente – e no papel – os valores referentes à mão de obra, aos custos indiretos (que não estão relacionados ao serviço) e aos materiais aplicados. Além, claro, do seu lucro. Mas esse total não é a única base para saber como calcular preço de serviço. Para completar essa conta e conseguir precificar o seu trabalho, é preciso olhar o mercado no qual você está inserido. 

Quanto os seus concorrentes estão cobrando pela prestação dos mesmos serviços que o seu negócio oferece? Saber essa informação também vai te ajudar a entender qual a média que as pessoas estão dispostas a pagar. E, como na maioria dos setores existem opções mais caras voltadas ao público com maior poder aquisitivo, também será possível descobrir qual o máximo que alguém paga pelo seu tipo de serviço. 

O problema de considerar apenas os custos e despesas que você tem ao prestar um serviço somado ao lucro que pretende obter é que, muitas vezes, esse valor vai ser irreal quando colocado na ponta do lápis. Afinal, um serviço não é algo tangível (que se pode tocar), e muitas vezes não envolve a presença de matéria-prima

Alguns tipos de serviço também não devem ser cobrados apenas por hora de trabalho ou baseado unicamente no tamanho (em volume) da atividade ou tempo de entrega. Um problema complexo pode ser resolvido de forma rápida e visivelmente simples, mas ter um valor maior justamente pelo tamanho do problema do cliente e pela solução que o seu negócio alcançou!

É aí que entra também a reputação do seu negócio. Com uma empresa que entrega um serviço exclusivo ou muito mais eficiente que a maioria, é mais fácil e justificável cobrar mais por uma contratação. Afinal, existem pessoas que realmente pagam mais caro. Essa boa imagem e reconhecimento de um negócio no mercado faz parte de uma construção que envolve áreas diferentes da empresa e que pode ser planejada com um bom marketing, gestão eficiente e, claro, uma excelente prestação de serviço. Invista no seu negócio!

Mesmo com uma empresa reconhecida no mercado, você pode se deparar com a seguinte questão: o seu concorrente oferece o mesmo serviço por um preço muito mais baixo e até perder clientes para ele. Neste caso, saiba que nem sempre é preciso diminuir o total que você cobra pelo seu trabalho apenas porque os competidores têm preços menores. Pense, principalmente, em diferenciais. Dê motivos para o seu cliente tirar um pouco mais de dinheiro do bolso pela certeza de que sairá muito mais satisfeito depois de fechar um negócio com a sua empresa!

Quer colocar a mão na massa e saber como calcular preço de serviços prestados pelo seu negócio? Confira 6 informações que você precisa considerar: 

  • 1. Despesas fixas

As despesas fixas são aquelas que sempre existirão no dia a dia de um negócio, ainda que você não saia para executar um trabalho. Para definir o preço de serviços em serralheria, por exemplo, é importante saber quanto você gasta de luz e outras contas fixas por mês, e qual o valor do aluguel do local onde você faz os serviços para os seus clientes.

  • 2. Custos diretos e indiretos

Os custos diretos são aqueles que estão exatamente ligados à produção de um produto ou execução de um serviço. Se você quer saber como calcular o preço de serviços em salão de beleza, por exemplo, no caso da manicure, entram na conta a utilização de itens como esmaltes, removedores e cremes para os pés.

Os custos indiretos podem ser exemplificados com o gasto que você terá de passagem ou gasolina se for até a casa do cliente, e com o dinheiro que você irá desembolsar com refeições no momento da execução do serviço. Caso tenha um salão fixo, alguns custos indiretos também podem entrar como despesas fixas.  

  • 3. Impostos 

Embora menores do que as grandes empresas, um pequeno empreendedor também tem obrigações tributárias, incluindo o prestador de serviços. Então, para chegar a uma base de cobrança pelo seu trabalho, é preciso saber quanto você paga de imposto por serviço e para manter a empresa aberta.

  • 4. Taxas

Banco, maquininha de cartão, correio, cartório. As taxas existem e quase sempre a gente não tem como evitar. Então, lembre-se de também colocar no papel, na hora de entender como calcular preço de serviços prestados, todas as tarifas que for obrigado a pagar.

  • 5. O lucro ideal

Quanto você gostaria de ganhar? Qual o seu pró-labore ideal por mês? Ao responder essas perguntas, você terá uma ideia do mínimo que deve cobrar em cada um dos serviços prestados. Claro, não é possível cobrar uma fortuna por algo que o cliente poderá facilmente encontrar por muito menos dinheiro, independentemente da qualidade do trabalho. Mas o preço do seu serviço também não deve, em hipótese alguma, sob risco de você ficar no vermelho, ser menor do que todos os gastos que calculamos nos tópicos acima. 

  • 6. Valor da solução que você apresenta ao cliente

Você já sabe quais foram os custos e as despesas e conhece o mínimo de lucro que deseja ter com a prestação do seu serviço. Agora, deve pensar no valor real do seu trabalho. O tipo e a qualidade da solução que você apresenta para o problema do cliente é capaz de aumentar o valor do serviço, na medida que essas qualidades são passadas também para os consumidores. É preciso investir no seu negócio: faça boas propagandas, tenha um excelente atendimento ao cliente e construa uma marca forte no seu mercado de atuação!

E você? Como faz para chegar ao preço ideal do seu produto? Conte para nós nos comentários!

Equipe Dono do Negócio

O Dono do Negócio é um blog feito pela SumUp para te ajudar a vender melhor.