Como vender mais pelo Instagram durante a quarentena

Mesmo de portas fechadas para os clientes, os pequenos empreendedores podem contar com a rede social para continuar vendendo
11 de maio de 2020LEITURA DE 20 MIN

As redes sociais já não são mais apenas plataformas para seguir amigos e compartilhar momentos pessoais. Elas também são palco para colocar em prática estratégias de vendas e conteúdo de empresas, sejam elas grandes, médias ou pequenas. E com a pandemia do novo coronavírus, que fez muitos negócios fecharem as portas, aplicativos como o Instagram e o WhatsApp são ainda mais importantes no dia a dia do pequeno empreendedor. 

Para saber como vender mais pelo Instagram é preciso começar com a criação de uma conta comercial. Esse tipo de perfil fornece mais informações para o dono do negócio tomar boas decisões de divulgação na plataforma, como o acompanhamento do nível de interação dos usuários e do crescimento do número de seguidores. Mas as estratégias não param por aí: atenção à qualidade das fotos e relevância de conteúdo para o seu público-alvo também são essenciais. 

Em qualquer estratégia durante o cenário de pandemia que estamos vivendo é preciso considerar as barreiras apresentadas tanto aos consumidores – que podem não ter segurança de emprego e renda – quanto do seu próprio negócio – como situação de fluxo de caixa, quantia de capital de giro e os custos e despesas de manter a empresa. Por isso, lembre-se da importância de planejar muito bem cada uma das ações que decidir tomar, seja no mundo online ou offline!

Quer saber como vender pelo Instagram? Confira 10 dicas que o dono do negócio separou para você:

1. Tenha um perfil comercial

Ao fazer o cadastro do seu negócio no Instagram, vá até as configurações, clique em “conta” e selecione a opção “mudar para conta profissional”. Em seguida, será possível escolher entre um perfil de criador de conteúdo ou de empresa. O primeiro é mais indicado para figuras públicas, produtores de conteúdo, artistas e influenciadores. Já a segunda opção, para empresas, é a escolha certa para varejistas, negócios locais, marcas, organizações e prestadores de serviço.

Com as chamadas Ferramentas Comerciais do Instagram será possível conhecer melhor os seguidores do perfil do seu negócio, acompanhar o desempenho das publicações, criar promoções direcionadas aos seus clientes e, claro, abrir um novo canal de contato para que os consumidores falem com a sua empresa pela plataforma. 

Aposte em uma biografia bem escrita que conte de forma resumida o propósito do seu negócio. Também é importante ter uma foto foto de perfil, que pode ser o logo da empresa. Se você tiver um site próprio ou outra rede social que gostaria de divulgar, é possível colocar um link externo no final do texto principal. 

2. Monte um planejamento de conteúdo

O planejamento é essencial na vida do pequeno empreendedor. E ele também deve estar presente na atuação do seu negócio nas redes sociais. Montar um plano de conteúdo inclui pensar sobre o que será divulgado, de que forma e com qual frequência. Você pode montar uma planilha com as datas de cada uma das publicações futuras. Tente se antecipar ao máximo com planejamentos mensais ou até mais espaçados, quando possível. 

A relevância do conteúdo é uma peça importantíssima no seu trabalho de vender mais pelo Instagram. Pense que a rede social é uma vitrine do seu negócio, com as postagens de produtos, mas não se esqueça que ela também poderá ser explorada para humanizar a sua marca. Conte sobre o dia a dia da empresa (com fotos caprichadas!), fale sobre como ela surgiu e com qual propósito.

Também é possível explorar assuntos que podem ser interessantes para o público e que estão relacionados à sua área de atuação. Por exemplo: se você vende roupas, por que não explicar um pouquinho mais sobre determinado tecido para os seguidores? Durante a quarentena do novo coronavírus, estratégias muito invasivas de venda, com anúncios de produtos a todo momento, pode dispensar o público que busca por um conteúdo menos denso. Afinal, estamos vivendo um momento no qual as informações não param de circular e são capazes de nos deixar ansiosos. 

Além de definir o conteúdo, tentar se antecipar quanto à produção dos posts também pode ser uma boa estratégia para o dono do negócio que toma conta das próprias redes sociais. Desta forma, será mais difícil sair do cronograma por causa de algum imprevisto no dia a dia. A frequência de postagens é um dos fatores que podem tornar o seu perfil relevante e fazer com que as publicações tenham maior alcance de público. Fazer um post por dia pode ser o ideal, mas é preciso conhecer o seu público-alvo para determinar a frequência correta. 

3. Conquiste, engaje e se relacione com o seu público-alvo 

Assim como no plano de negócios e na busca de clientes para uma loja física, focar no público-alvo também deve ser uma estratégia no Instagram. Ter seguidores que realmente se interessam pelos seus produtos ou serviço aumenta as chances de concretizar vendas. Ou seja, nem sempre ser seguido por muitas pessoas na rede social é um indício de sucesso. 

É importante interagir com o público, e uma das formas de manter esse bom relacionamento é tentar responder a todos os comentários nas redes – principalmente aqueles com dúvidas em relação ao negócio. Também procure usar hashtags de qualidade. Faça uma pesquisa de palavras-chaves (pode ser no próprio Instagram) para ver se há muitas marcações sobre o assunto. 

Além de conquistar novos seguidores também é essencial engajar aqueles que já seguem o perfil do seu negócio. Conhecendo seu público, não tenha vergonha de pedir que eles façam posts com avaliações sobre os produtos ou serviços que compraram e que curtam ou compartilhem as suas publicações. Também é comum fazer perguntas nos próprio posts para que as respostas sejam dadas nos comentários.

Quando puder, use o Instagram para fazer promoções. Uma estratégia bastante utilizada é fazer um sorteio de produto ou serviço no qual as pessoas participam curtindo a postagem e marcando o nome de amigos nos comentários. Lembre-se ser sempre muito claro sobre as regras de participação. 

4. Priorize a qualidade das fotos

Essa é uma das maiores prioridades que um negócio que quer vender mais no Instagram deve ter. A rede social foi criada para o compartilhamento de fotos. Assim, as pessoas prestam muito mais atenção nas imagens com boa qualidade. Mas não se assuste com isso, porque não é preciso ter máquina fotográfica profissional, já que muitos celular cumprem bem a função de tirar boas fotos.

Vale, porém, ficar atento aos detalhes que podem deixar a imagem ainda melhor, como a iluminação. Procure não tirar fotos em locais muito escuros e evite reflexos provocados pela luz do ambiente no produto. O recurso de aproximação dos celulares, o chamado zoom, também pode prejudicar a qualidade da foto. Prefira chegar mais perto do objeto ou da cena. 

Quando possível, pense e capriche na composição da imagem: fundo e outros elementos que podem aparecer na foto, por exemplo. Para fazer ainda melhor, crie um conceito para as suas publicações. Muitas empresas apostam em um feed de fotos harmônico, com composições padronizadas pelas cores da marca ou por outra característica. Para isso, vale fazer um benchmarking, reunindo os melhores exemplos de empresas do seu ramo que estão no Instagram para se inspirar. 

5. Explore o recurso stories

O Instagram stories permite que publicações fiquem disponíveis por apenas 24 horas para os usuários. Nelas é possível compartilhar fotos, vídeos, gifs e ainda explorar efeitos do próprio recurso, como boomerang, ao vivo e contagem regressiva.

Aproveite mais esse meio de compartilhar informações com o seu cliente com criatividade, seja para divulgar serviços e produtos, contar a história da empresa, falar sobre novidades, mostrar os bastidores do negócio.

Use o recurso para interagir com os seguidores, com enquetes e perguntas. Além de saber quem viu e respondeu, outros dados dos stories podem ser acompanhados por quem tem um perfil empresarial, como o número de pessoas que efetivamente clicou em algum link que tenha sido divulgado.

6. Crie destaques no seu perfil

Uma das funcionalidades do Instagram permite guardar os stories em seleções separadas. Isso faz com que a publicação que inicialmente ficaria apenas 24 horas disponível possa ser vista pelos usuários a qualquer momento diretamente no perfil do seu negócio.

Os chamados destaques são bons para informar o cliente. É possível fazer uma série de stories sobre o funcionamento da loja: horário, locais atendidos e formas de entrega são alguns exemplos. Separe outro com as informações sobre os produtos ou serviços oferecidos – como o cardápio, para quem tem um restaurante, bar ou entrega marmitas congeladas.

Separar os tipos de produtos também é uma maneira de usar os destaques. Faça uma seleção para cada um dos principais itens do seu negócio, como um catálogo. Essa organização pode ser o começo de uma loja virtual! 

7. Divulgue os preços dos produtos

O perfil do Instagram para empresas permite que o pequeno empreendedor coloque preços em fotos divulgadas no feed. Ao clicar na imagem, o valor aparecerá para o seguidor em uma espécie de etiqueta, que poderá direcionar o cliente diretamente para a página de compra. Essa estratégia é importante para aumentar as vendas. 

Sem o preço e o direcionamento para o site da empresa, o consumidor pode olhar para um produto, se interessar, mas não efetivamente efetuar a compra. É preciso ficar atento, porém, às regras do Instagram para quem quer vender na plataforma. Confira valores cobrados e as políticas de liberação do botão “comprar agora”.

Outra possibilidade é colocar os valores diretamente no texto da imagem, assim como as informações de compra nos destaques dos stories para ajudar o cliente a conseguir comprar e pagar seus produtos. Quanto mais fácil esse caminho, maiores as chances de o consumidor percorrê-lo com sucesso. 

8. Pague por anúncios quando puder

O uso da internet e das redes sociais pelas pequenas empresas é uma forma de chegar aos clientes e fazer boa propaganda do negócio sem gastar muito dinheiro. Antes disso, os anúncios ficavam limitados aos veículos impressos ou à televisão e ao rádio, por exemplo, o que nem sempre estava ao alcance de todos os microempreendedores. 

No Instagram, o público orgânico de uma publicação é contado pelo número de pessoas que viram uma imagem sem a ajuda de um anúncio. Para chegar a mais possíveis clientes, a plataforma oferece opções de propagandas pagas, que podem ser divulgadas nos stories, por foto, vídeo, carrossel ou coleção. 

Assim como a forma de divulgação do anúncio, os valores também variam. Você pode colocar um orçamento máximo que quer gastar com as propagandas. Lembre-se de analisar a situação financeira da empresa antes de contratar o serviço. Além disso, capriche na qualidade das peças, e considere o enfrentamento da pandemia do novo coronavírus na hora de criar o conteúdo do anúncio.

9. Faça parcerias com pessoas influentes da rede

O chamado marketing de influência pode ser uma realidade até mesmo para pequenos negócios, com parcerias com perfis relacionados ao seu negócio que poderiam divulgar os produtos ou serviços para alcançar novos seguidores. A troca pode ser feita com perfis comerciais ou com pessoas influentes que topem receber um dos seus produtos para provar ou testar, ou apenas divulgá-los.

Esse tipo de estratégia funciona principalmente porque as pessoas compram com mais facilidade aquilo que outro já comprou e avaliou. As boas recomendações – o famoso boca a boca – são muito importantes para qualquer empresa. Com as redes sociais, aqueles que têm muito seguidores são capazes de influenciar ainda mais as vendas de um produto ou serviço. 

10. Acompanhe e analise as métricas da rede social

Planejar, postar, engajar e acompanhar. A dinâmica nas redes sociais pode facilmente mudar com o tempo e com o surgimento de novas ferramentas, por isso é importante sempre acompanhar os resultados dos esforços colocados nas plataformas. Medir o sucesso das publicações também é uma forma de melhorar ou manter estratégias que estão conquistando o público.

O Instagram conta com relatórios nas contas comerciais com informações sobre atividades, conteúdo e público. É possível conferir o número de interações e impressões dos usuários, cliques no link disponível na biografia, visitas ao perfil e o crescimento dos seguidores. Use os dados para criar novas e desafiadoras metas de alcance para aumentar as vendas pela rede social.

Você já começou a vender pelo Instagram durante a pandemia do novo coronavírus? Conte para nós a sua experiência!

>> Se o seu negócio precisou fechar as portas para os clientes por causa da pandemia do novo coronavírus, confira dicas para continuar gerando renda para a empresa mesmo durante a quarentena.

Caso faça parte dos serviços essenciais ou continue recebendo o público pessoalmente, não deixe de conferir as medidas de segurança indispensáveis para proteger seus funcionários e clientes.

Equipe Dono do Negócio

O Dono do Negócio é um blog feito pela SumUp para te ajudar a vender melhor.