Assista ao vídeo e saiba como gerenciar e equilibrar seus custos e despesas

LEITURA DE 5 MIN

Não adianta fugir! Cuidar das finanças é parte indispensável de um negócio. E o primeiro passo é separar o que é custo e o que é despesa.

Custo x Despesa

A principal diferença entre custos e despesas é que, se você aumentar suas vendas, as despesas continuam as mesmas. Ou seja, os custos estão ligados aos seus produtos ou serviços e as despesas, à estrutura do seu negócio.

Uma dica rápida para identificar se um gasto é custo ou despesa é se perguntar se o estoque vai sofrer caso você não faça esse gasto. Se você vende bolos, por exemplo, a conta de luz vai afetar o seu estoque? Não. Então ela é uma despesa. A quantidade de farinha que você compra vai mudar seu estoque, certo? Por isso é um custo.

Existem vários tipos de custos e despesas.

No dia a dia do seu negócio, saber analisar as fatias de gastos direcionadas para os custos e para as despesas vai fazer toda a diferença em decisões importantes e agilizar a sua rotina. Falando nisso, a parte administrativa entra na lista de despesas, já que é um custo fixo para manter tudo funcionando.

 

Por que é importante controlar os custos e as despesas?
Ao saber qual o custo de produção de um produto, você descobre se a ideia do seu negócio é  lucrativa. Afinal é impossível ter lucro vendendo seus produtos a preço de custo. Saber o valor das despesas traz segurança, já que você pode manter uma reserva separada para cobrir as despesas e garantir que o negócio vai sobreviver aos altos e baixos do mercado.

Por isso, contabilizar todos os gastos é essencial para uma boa gestão financeira. Não importa se são os R$ 30,00 gastos com café ou os R$ 10 mil de conserto de maquinário. Esse controle vai ajudar quando você tiver que tomar decisões importantes como identificar a hora de expandir o negócio ou até mesmo diminuir o tamanho da produção.

Não deixe de marcar todos os custos e despesas diários do seu negócio. Parece bastante trabalho, mas pode ficar tranquilo, hoje existem muitas ferramentas, como planilhas e aplicativos de celular, que podem te ajudar com isso.

 

Abaixo, você pode ver uma separação geral, variável de acordo com o ramo dos negócios, dos gastos e custos mais comuns:

Custos: matérias-primas, embalagens, contas (água, luz, gás) de gastos na produção, folha de pagamento ligada à produção/venda, comissão de vendas, aluguel do espaço de produção, locomoção e alimentação para prestação de serviço.

Despesas: folha de pagamento do departamento administrativo, propaganda e marketing, taxas bancárias, material de escritório, telefones administrativos, aluguel do escritório, contas gerais (água, luz, gás), impostos e internet.

Fique de olho no blog. No próximo vídeo, o Dono do Negócio vai explicar a diferença entre receita e lucro!

Equipe Dono do Negócio

O Dono do Negócio é um blog feito pela SumUp para te ajudar a vender melhor.