Nota fiscal

LEITURA DE 5 MIN

Todo dono de negócio, por menor que ele seja, deve emitir nota fiscal quando vende produtos ou presta serviços. Ela funciona como um recibo que tem valor de documento, pois prova que a venda aconteceu. Além disso, serve para o recolhimento de impostos pelo governo.

A nota fiscal pode ser emitida em papel, usando um bloco de notas fiscais, ou digitalmente. Se puder, é melhor emitir a nota eletrônica, pois diminui o gasto de papel, facilita a consulta aos recibos, o recolhimento de impostos pelo governo e aumenta a confiança e credibilidade no documento.

Bloco de nota fiscal físico

Para imprimir o bloco de nota fiscal físico, é preciso pedir autorização na Secretaria da Fazenda Estadual ou Municipal. Se você vende produtos ou presta serviços apenas na sua cidade, procure a Municipal. Se trabalha para outras cidades, procure a Estadual.

Com a autorização em mãos, procure uma gráfica para imprimir seu bloco de notas fiscais. Normalmente, as gráficas oferecem um modelo padrão, com espaços dedicados aos dados do cliente, quantidade e discriminação dos produtos/serviços comprados, valor de cada um deles e valor total da nota.

Ao fazer a venda, preencha todas as informações em três vias: uma para o cliente e duas para o empreendedor (uma ficará colada no bloco e a outra poderá ser destacada). Se a compra for entregue ao cliente por um transportador, ele também deverá ficar com uma via.

Nota fiscal eletrônica

Há dois tipos de nota fiscal eletrônica: A NF-e, emitida para registrar a venda de produtos, e a NFS-e, para registrar a prestação de serviços para um cliente. A primeira é emitida pela Secretaria da Fazenda (Sefaz) do estado, enquanto a segunda é responsabilidade da prefeitura de cada cidade.

Para emitir a NF-e, o microempreendedor formalizado deve entrar no Posto Fiscal Eletrônico (PFE) da Secretaria da Fazenda, clicar em download e fazer um requerimento de senha. Preencha o formulário online e agende um dia para ir até um posto fiscal desbloquear a senha.

Após o desbloqueio, faça login no site da Secretaria da Fazenda e clique em “Emitir NF online” sempre que fizer uma venda. A nota fiscal deve ser preenchida com os dados do cliente, tipo de produto que está sendo vendido e valor.

Como a NFS-e é emitida pelo município, cada cidade apresenta um processo diferente. No próprio site da prefeitura da sua cidade, você deverá encontrar informações e o passo a passo para emitir a nota fiscal eletrônica de serviços.

Provavelmente, o processo será semelhante ao da NF-e. Será precisa solicitar uma senha e ir até o órgão público municipal indicado para desbloqueá-la. Com a senha desbloqueada em mãos, a emissão de nota será feita no site da prefeitura após a prestação de cada serviço.

Equipe Dono do Negócio

O Dono do Negócio é um blog feito pela SumUp para te ajudar a vender melhor.