Não precisa mais? Saiba onde vender objetos usados

Além de fazer uma graninha, você ainda ajuda alguém que pode estar procurando pelo que está parado na sua casa!
10 de junho de 2019LEITURA DE 5 MIN

Roupa, brinquedo, sapato, quadro, móveis, eletrodomésticos, câmera fotográfica… Qualquer um desses itens — e muitos outros — podem ser vendidos quando estão em boas condições de conservação.

Se antigamente esses objetos usados eram encontrados apenas em feiras de rua, brechós ou lojas de antiguidades, hoje a internet abriu várias portas para quem quer colocar à venda algo que não usa mais!

Na hora de fazer o seu anúncio, independentemente de qual plataforma você escolher para vender o objeto usado, é importante ficar atendo às condições do site. Alguns deles cobram uma porcentagem do valor da venda, por exemplo.

Outra dica de como ganhar dinheiro na internet com itens que já não são mais usados é caprichar na hora de escolher as imagens que vão apresentar o produto para o possível comprador. Tire fotos de todos os ângulos do item que está à venda e faça isso em um lugar claro, com bastante luz.

O mesmo cuidado com os detalhes serve para a descrição do objeto usado. Quando ele foi fabricado? Quanto tempo tem de uso? Está funcionando normalmente? Não deixe dúvidas sobre o produto e esteja disponível para responder às perguntas de quem quiser comprá-lo!

4 sites para vender um objeto usado e ganhar dinheiro extra

1. Tanlup

Apesar de ser um site voltado principalmente para quem vende o que faz, há espaço para quem quer colocar à venda produtos usados (como roupas) dentro de um brechó online. Para criar uma loja no Tanlup você não paga nada. Mas você pode desembolsar algum dinheiro se quiser aumentar as funcionalidades disponíveis no plano gratuito, que inclui 30 produtos com 5 imagens cada.

2. Enjoei

Criado para a venda de objetos que já não são mais utilizados pelo dono, o Enjoei cobra uma taxa de serviço que pode ir de R$ 2,99 a R$ 8,99 por venda. Esse valor não é devolvido em caso de devolução da compra, mas pode ser recebido de volta quando a transação for cancelada pelo consumidor. Com a cobrança, a plataforma afirma que garante o controle financeiro entre comprador e vendedor, tentando evitar fraudes e aumentando a garantia de satisfação de ambos os lados.

3. Mercado Livre

Talvez um dos sites de compra e venda mais conhecidos, o Mercado Livre é uma empresa argentina, mas faz bastante sucesso com os brasileiros. Nele é possível vender muitas coisas diferentes: de móveis e roupas a carros e motos. Você não vai pagar para anunciar e nem para vender se estiver usando a opção de anúncios grátis. Se escolher fazer um anúncio clássico ou premium, será cobrada uma taxa depois que a venda for concretizada!

4. OLX

O site de venda foi criada exatamente para quem quer fazer um dinheiro extra desapegando de algo que está em casa sem uso. É possível anunciar produtos sem pagar nada, e também comprar um plano no qual o seu item deve ficar mais visível aos consumidores. Aqui a diversidade de vendas também é grande: tem gente desapegando de apartamentos e até tratores!

Conseguiu uma renda extra vendendo o que não usa mais? Conte para nós a sua história!

Equipe Dono do Negócio

O Dono do Negócio é um blog feito pela SumUp para te ajudar a vender melhor.