Veja por que é importante definir metas para o seu negócio

LEITURA DE 7 MIN

 

Definir metas é uma forma de te ajudar a focar no que realmente importa. Se você achava que elas serviam só pros seus desejos pessoais, como comprar um carro ou perder uns quilinhos, o Dono do Negócio te explica porque as metas também são tão importantes para o seu negócio.

 

A importância das metas no seu negócio

As metas aparecem a partir do momento que você tem uma ideia ou toma uma decisão. Não importa se o seu negócio acabou de nascer ou se já está estabelecido no mercado, quando existe uma meta, você e, caso tenha, os seus funcionários vão começar a se movimentar e trabalhar para chegar no objetivo. Ou seja, sem uma meta como estímulo, fica muito mais difícil sair do lugar e corremos risco de trabalhar muito e sentir que não chegamos a lugar nenhum.

 

O que pode ser uma meta para o seu negócio
As metas de um negócio podem ser muitas: você pode definir como objetivo aumentar x% o seu faturamento, diminuir seus custos, contratar mais funcionários, comprar uma máquina mais moderna para a sua produção, passar a aceitar cartões de crédito e débito, aumentar o número de opções no cardápio do seu negócio e por aí vai.

 

Os 5 pontos mais importantes na hora de criar uma meta

Existe um sistema de metas chamado smart, que em português significa inteligente. Ele une os 5 pontos mais importantes na hora de definir uma meta. Uma ideia é escrever suas metas em um caderno e ver se elas se encaixam nos pontos abaixo:

  1. Ser específico

Você deve deixar o objetivo da sua meta bem claro. É preciso especificar pontos como: o que você quer alcançar com essa meta, quem vai ser responsável por ela e o que vai ser feito para que ela seja atingida.

2. Mensurável

Você precisa conseguir saber se sua meta foi atingida e também medir o seu desempenho ao longo do tempo. Ou seja, a meta não pode ser simplesmente “aumentar o faturamento”, ela precisa uma unidade de medida, como “aumentar o faturamento em 10%”. Lembre-se de checar, de tempos em tempos, o andamento da meta, quanto dela já foi cumprida e o que ainda falta para chegar ao objetivo final.

  1. Ser realista

Se você escolher uma meta muito difícil de alcançar, pode desistir ou tendo problemas no seu negócio. Por isso, é importante sempre ter um pé no chão na hora de defini-las, o que não significa que precisam ser fáceis de atingir. Ao planejar suas metas, leve em consideração o histórico financeiro da sua empresa, tais como lucros e despesas e também os recursos disponíveis que você vai precisar para chegar lá, como tempo, equipe e tudo mais.

  1. Relevante

Mais do que uma boa ideia, as metas precisam representar objetivos importantes para o seu negócio. Ao alcançar a sua meta, a melhoria deve ser percebida, caso contrário não era relevante. Essa importância não precisa necessariamente ser financeira, você pode trabalhar em uma meta para engajar seus funcionários por exemplo, fazendo com que eles trabalhem mais felizes e a produtividade aumente.

  1. Ter um prazo definido

É essencial que você determine o início e o fim: os objetivos precisam ser atingidos dentro de um período específico. Definindo uma meta para 1 ano, por exemplo, você pode organizar, por mês, todas as ações que precisa fazer e assim ter clareza de que vai alcançar o que deseja.

 

Vamos ver um exemplo?

Em um salão de beleza, uma meta smart poderia ser: diminuir os custos e despesas mensais em 10% no próximo mês.

Nesse caso, poderiam ser definidas ações pontuais para as próximas 4 semanas, como: negociar com os fornecedores atuais e pesquisar novos, diminuir o gasto de energia elétrica tirando os equipamentos das tomadas quando não estão sendo usados ou trocar os equipamentos e as lâmpadas por versões mais econômicas.

Pronto, meta smart definida e com um plano de ação claro para atingi-la.

E você, já botou no papel quais serão as metas do seu negócio para 2019? Conta pra gente nos comentários abaixo!

Equipe Dono do Negócio

O Dono do Negócio é um blog feito pela SumUp para te ajudar a vender melhor.