Qual é a hora certa de tirar o seu negócio de casa?

Saiba quando é a hora certa de ter um endereço próprio para o seu negócio ou investir em outras soluções para sair de casa
25 de setembro de 2019LEITURA DE 5 MIN

Manter um negócio em casa pode ficar mais difícil na medida em que a empresa começa a crescer. O aumento de clientes ou da demanda de um produto são os principais motivos para sair de casa e abrir um ponto fixo de venda ou atendimento.

Mas, antes de tomar qualquer decisão, é indispensável ter um planejamento estratégico. Se a ideia de um dia ter um endereço próprio já fazia parte dos planos e metas quando você abriu um negócio em casa, além de identificar que chegou o momento certo para ter um endereço separado, é preciso focar na estratégia para fazer essa mudança.

Primeiro, vamos aos motivos: se a sua empresa cresceu e hoje recebe mais clientes ou pedidos do que o espaço físico da sua casa pode sustentar, esse pode ser um bom momento para começar a planejar a ida para um ponto comercial. A cozinha residencial pode ficar pequena para uma empresa de bolos, e com isso surgem necessidades como de um fogão industrial e um espaço para estoque de ingredientes. 

Agora, os meios: a sua empresa tem possibilidade de sair de casa? O balanço financeiro do seu negócio deve dar a prova final de que chegou o momento certo para ter um ponto comercial. Você precisar ter um fluxo de caixa que apresenta lucros estáveis em meses anteriores e também uma projeção financeira do futuro.

Na ponta do lápis ou no computador, descubra se o seu negócio poderá sustentar os custos e as despesas não apenas da mudança para um espaço próprio, mas também da manutenção e do dia a dia da empresa com um ponto comercial: aluguel, contas de água e de luz, taxas governamentais e eventuais imprevistos são gastos inevitáveis.

Quero sair de casa, mas não sei para onde ir

Embora seja automático pensar que ao sair de casa uma empresa precisa de um espaço comercial próprio, existem algumas soluções que não incluem partir diretamente para a responsabilidade (e despesa) do aluguel. 

Dependendo do tipo de negócio, lugares de trabalho colaborativo como os chamados coworkings podem ser a saída ideal para quem abriu uma empresa em casa mas pretende colocá-la no mundo. Esses locais abrigam principalmente empresas que não precisam de muita infraestrutura além da existente em um escritório (no mínimo a mesa e um computador), como as empresas de produção de conteúdo digital ou consultorias.

Para quem trabalha com produtos de produção própria, uma forma de começar tirar a empresa de dentro de casa é frequentar eventos ou feiras fixas para expor os itens. Assim, mesmo que apenas algumas vezes durante a semana ou o mês, é possível começar a identificar como os clientes se comportam com uma opção de venda ou atendimento fora da sua casa e se a ideia de ter um ponto comercial pode ser colocada em prática com benefícios para o seu negócio!

Começou uma empresa em casa e conseguiu mudar para um endereço comercial? Conte sua história para nós! 

Equipe Dono do Negócio

O Dono do Negócio é um blog feito pela SumUp para te ajudar a vender melhor.